twilight-fan @ 14:37

Qui, 27/10/11

Laurence: O quarto filme de Twilight estreia no mês que vem. Os mais sortudos tiveram a oportunidade de o ver ontem, na première em Paris. Iremos falar com Robert Pattinson dentro de segundos, mas primeiro Benedicte Duran e Frédérique Miniard vão apresentar-nos o filme

Laurence: Olá Robert.

Rob: Olá

Laurence: Obrigada por estares em Paris. Vens frequentemente a França, deves gostar bastante para vir cá promover o filme, não?

Rob: Sim, definitivamente sim. Gosto de vir aqui; venho cá a cada três meses.

Laurence: Então, hoje vieste falar-nos do último filme da saga, que foi dividido em 2 filmes. As filmagens acabaram, está tudo pronto. Como é que te sentes? Sentes-te triste por ter acabado ou aliviado?

Rob: Um pouco dos dois. Quero dizer, eu passei quatro anos… foi uma grande parte da minha vida. Quando acabei o primeiro de Twilight, filmou-se outro, fiz um filme diferente e voltei para filmar outro Twilight, por isso é muito estranho já não estar nesse sistema. Habituei-me. Fiz grandes amigos, mas não sei por quanto tempo poderia interpretar que tenho 17 anos por isso… Tenho quase 26. Torna-se complicado passado um tempo.

Laurence: Sobre o teu personagem, Edward? Ele serve-te, sentes que o ultrapassaste agora que seguiste com a tua carreia cinematográfica.

Rob: Acho que, de alguma forma, estou cheio de aversão a mim mesmo, não, não estou, não. De algumas formas eu tenho. Neste novo, eu meio que me afastei da sua caracterização no livro, porque ele é muito passivo e eu precisava de dar uma outra energia à personagem. Mas não sei se ele (Edward) é como eu, talvez eu me tenha aproximado dele depois de todos estes anos.

Laurence: De qualquer das formas, o que é interessante, e pudemos ver na filmagem anterior é que a tua audiência mudou. Antes existia um grande número de jovens fãs mas agora também tens as mães dessas jovens, são chamadas de twimoms, as mães Twilight. Isso surpreende-te, que o fenómeno tenha saltado de geração, partindo de pequenas raparigas para mulheres adultas?

Rob: Acho que ficaram mais novas. Começou com fãs nos seus quarenta, e agora eu sinto que estão a sair directamente do berço. Sempre presumi que fosse ser uma audiência mais jovem, mas são muitas mulheres nos seus vinte e poucos anos. As únicas que andavam pelo local de filmagens. Não sei, talvez as mais jovens sejam influenciadas pelas mães.

Laurence: Consideraste uma grande estrela de Hollywood ou, na tua cabeça, ainda és aquele miúdo Inglês que gosta de “rock and roll” e com atitudes de rebelde?

Rob: Não sei. Não tenho a mesma vida que costumava ter. Aprendi a gostar de L.A. muito mais e estive em Londres a semana passada e é quase impossível viver lá. Há muitas pessoas nas ruas a espreitar em todo o lado e tu tens de esconder. Mas, em L.A., se saíres do teu carro provavelmente consegues evitar a multidão. Sim, eu não sei mesmo o que sou.

Laurence: Vamos falar sobre música. Cantas duas das canções no primeiro filme da saga. Agora que as filmagens estão acabadas existem rumores de que vais gravar um álbum?

Rob: Quer dizer, talvez um dia. Esses tipos de boatos existem. Estou sempre a tocar e a gravar, mas não sei. As pessoas odeiam quando os actores se tornam músicos, por isso, tenho tentado adiar, o mais que puder.

Laurence: Continuas a fazer filmes. Acabaste de filmar com o canadiano David Cronenberg. Queres dar um rumo diferente a tua carreia, depois do enorme peso que foi interpretar Edward Cullen em Twilight?

Rob: Bem, não está realmente a afastar-se. Não consigo ver-me a fazer Twilight após Twilight nos próximos 20 anos. Mas sempre quis misturar um pouco, quero dizer, trabalhar com pessoas como Cronenberg, isso é… Gostava do Cronenberg mesmo antes de começar a representar especialmente com grandes actores a participar como Juliette Binoche e Mathieu Amalric. Existem montes de pessoas francesas a trabalhar com ele. É totalmente diferente do que fiz antes e sinto que estou a ir na direcção correcta.

Laurence: Muito obrigada, Robert Pattinson. Aprendeste algumas palavras francesas enquanto filmavas com Cronenberg?

Rob: Palavras francesas no geral ou sobre ele?

Laurence: No geral?

Rob: Apenas no geral. Consigo dizer huh… O que sei em Francês huh? Vou soar como se fosse completamente louco. Le cochon dinde. Le bibliothéque. Quelle est le date de ton anniversaire? Deus, soo como um idiota.

Laurence: Não, foi muito charmoso. Obrigada por ter vindo. Breaking Dawn estreia no próximo mês nos grandes ecrãs.