twilight-fan @ 21:09

Seg, 19/09/11

https://1.bp.blogspot.com/-PKuyRPCrMHM/TnUmSreet7I/AAAAAAAAQXE/WuBKTQe-gL4/s1600/x.png

O ator Taylor Lautner, de 19 anos, quer superar sua imagem de sex symbol adolescente. Ele agora investe na carreira de herói de ação com a estreia do filme Sem Saída, enquanto prepara sua despedida do jovem lobisomem Jacob Black, da franquia Crepúsculo. Chega de uivo para ele. Prestes a lançar os dois últimos filmes da franquia Crepúsculo, Taylor Lautner – o lobisomem Jacob na trama – já visiona novos horizontes. Aos 19 anos e com quase uma década de carreira, o ator norte-americano é considerado o jovem mais bem pago de Hollywood, recebendo cerca de U$ 7 milhões por longa. O sucesso, porém, não veio assim tão fácil. Depois de diversas participações em seriados e filmes de orçamento miúdo (para os patrões californianos), o primeiro papel de destaque foi como um dos protagonistas em As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl em 3D, de Robert Rodriguez. A película infantil trazia um Taylor como um garoto tubarão e, com apenas 13 anos, o jovem galã ainda não exibia os bíceps e abdome que fizeram sua fama. A grande chance veio só em 2008 com o papel de Jacob Black na mega-fraquia Crepúsculo.

O primeiro longa, no entanto, trouxe apenas três cenas com pouquíssimo destaque ao ainda-não-lobo. Foi então que começaram os boatos de substituição, já que Taylor seria muito “mirradinho” para encarnar um lobisomem. Um ano e 13 quilos de músculos depois e o mundo conheceu um novo sex symbol. Em Lua Nova, segundo filme da franquia dos vampiros de Stephenie Meyer, Taylor Lautner conseguiu dividir a atenção feminina com Robert Pattinson – que protagoniza como o sensível vampiro Edward Cullen. O sucesso e o novo corpo deram a chance para o ator investir em diferentes rumos na carreira. “Mas posso dizer que ter trabalhado em Crepúsculo abriu portas para que eu pudesse escolher o que fazer daqui para frente, como este filme (Sem Saída)”, disse em entrevista ao Fantástico na semana passada. No novo longa, de John Singleton, Taylor dá vida a um adolescente normal que começa a ser perseguido por espiões. Rumo ao sonho de ser um action hero, o jovem ator visa uma carreira como a de Tom Cruise (de Missão: Impossível e diversas outras películas de ação) e Matt Damon (da franquia Bourne), que, segundo Taylor, conseguem trazer uma carga emocional aos seus espiões. Outra película com lançamento previsto para 2011 é a primeira parte do último capítulo da franquia que fez a fama de Taylor, o longa A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1. Fã assumido do lutador de MMA brasileiro Anderson Silva, o ator já avisou que pretende visitar o Brasil em novembro para divulgação do filme, o penúltimo de seu papel como o lobinho Jacob Black. Sua relação com as artes marciais, inclusive, vai além da idolatria ao brasileiro: Taylor é faixa preta no caratê e vem se especializando em fazer suas próprias cenas de ação nos longa, dispensando a necessidade de dublês. A despedida do papel que ajudou a moldar sua fama será só em 2012, quando a segunda parte de Amanhecer chega às telonas e a decisão de Bella Swan entre o vampiro Edward e o lobo Jacob for tomada de vez. Além da carreira frente às câmeras do cinema, as câmeras fotográficas também parecem gostar do moço. Desde os 17 anos, quando surgiu com sua nova silhueta com musculatura tonificada, ele foi clicado para capas de revistas como Men’s Health, GC, Rolling Stone e a versão teen da Vogue. Mais recentemente, ele foi capa da edição de setembro da VMan, tendo sua imagem capturada pelo conceituado Steven Klein – em belas fotos em P&B que ilustram nossa capa. Outra revista, a People, o apontou como o “quarto corpo mais maravilhoso” do mundo do entretenimento, enquanto a Glamour o escolheu como o segundo mais belo de 2010. Apesar do sucesso, a carreira de Taylor é recheada apenas de prêmios pessoais e de carisma, com nenhum (ainda) premiando uma atuação do jovem. E é isso que o ator quer mudar. O objetivo, segundo entrevista concedida à revista Seventeen, é ser coroado melhor ator do ano em até cinco anos. “Eu acredito naquele ditado: ‘se você mira o nada, acertará o nada’. Portanto, se não definir objetivos, não terei aonde ir”, disse. Ainda assim, o que não faltam são as outras láureas: People’s Choice Award, Teen Choice Awards, Kids Choice Awards, Scream Awards – todos pelo papel de Jacob Black ou como marca de “ator mais quente”. Com um histórico tão premiado e uma legião de fãs, Lautner também pode se orgulhar de algumas conquistas românticas. A primeira foi pop-star-country Taylor Swift, que embaralhou a cabeça dos fãs ao formar o casal Taylor+Taylor. Depois, os boatos se voltaram para Selena Gómez, num romance de idas e vindas. Após o namoro com o lobinho, a atriz engatou um affair com o ídolo teen Justin Bieber, com quem era visto até alguns meses atrás, quando supostamente o amor esfriou.