twilight-fan @ 23:16

Seg, 12/09/11

Que efeito é que os filmes do Crepúsculo têm na cultura popular?

As pessoas nunca se vão esquecer do Crepúsculo. Os filmes que se prendem tanto às pessoas são raros. Nós inspirámos muitos filmes. E espero vir a fazer parte de mais alguns deste tipo.

Fala-nos um bocadinho de Amanhecer. Há o casamento, a lua-de-mel…

Foi fantástico representar este amor inabalável. Existiam momentos em que tínhamos de pensar se eles os dois iam ficar juntos. Desta vez, eles já estão incrivelmente próximos, como uma família. A Bella e o Edward não são só amantes, como estão profundamente ligados. Eles estão casados, já está. E é fantástico ver como eles se ajudam entre si com os seus problemas. A crise, para saber se eles iam ficar com o bebé ou não. A Bella nunca tinha estado tão vulnerável. E ele nunca tinha estado tão furioso. Desta vez é tudo mais sério e mais sombrio.

Tu mudaste ao longo dos anos?

Para mim é algo grandioso chegar ao fim. A minha carreira estava um bocado sem gás. Agora mal posso ter uma pausa e perguntar-me a mim mesma, “Em que estado é que estou? Como é que me sinto? Para onde é que quero ir?” Não estou habituada a isso.

O que é que é um herói para ti? Conheces algum?

Um herói quer muito mais que somente a procura da felicidade. O Taylor por exemplo é uma pessoa incrivelmente apaixonada. Ele tem uma personalidade mais forte que a maioria das pessoas que eu conheço. Eu tenho a certeza que na situação certa ele agiria como um verdadeiro herói.

No Crepúsculo e na Branca de Neve tu passas muito tempo numa floresta sombria. Que perigos é que espreitavam?

A Branca de Neve e a Bella são claramente muito diferentes. Mas existem alguns medos específicos que as duas partilham. Eu acho que elas são o tipo de heroínas clássicas. E as duas lutam contra os seus medos.

Vestirias o vestido de casamento da Bella na vida real?

Eu adoro o meu vestido de casamento. Adoro. É muito clássico. Eu acho-o muito elegante e requintado. Eu gosto quando as cerimónias têm um toque nostálgico.

Tiveste opinião no design do vestido?

Um bocadinho. Havia muitas pessoas a decidir. A escolha do vestido foi uma coisa muito seria. Mas havia algumas coisas que eram particularmente importantes para mim. Nessas eu insisti.

Qual é a tua opinião sobre o casamento?

Eu não estou muito interessada em casar. Não acho que seja errado mas não sinto tal coisa. Até pode ser algo maravilhoso. Mas não tem significado algum se não acreditarmos. Eu não preciso de um papel que comprove que estou ligada a alguém. E isso tem a ver com a forma como eu cresci. Não sou fã do casamento, sou fã das pessoas. Eu adoro a ideia de duas pessoas viveram juntas para sempre. Eu sou muito sentimental e romântica.